Quem nunca teve dor na coluna que erga as mãos e agradeça! Segunda maior causa da ida do brasileiro ao médico — perde apenas para as dores de cabeça —, as dores lombares e dorsais atingem milhões de pessoas, causando incômodo e diminuindo o bem-estar de quem sofre com elas.

As dores na coluna normalmente são sintoma de disfunção em algumas das partes dessa estrutura formada por músculos, vértebras, discos, nervos, ligamentos e medula. Mas também podem alertar para doenças pulmonares, cardiológicas e dos rins, por isso é importante sempre consultar um especialista ao sentir dor:

Descartados os problemas em outros órgãos do corpo, as causas mais comuns de dor na coluna são a má postura, o sedentarismo, a predisposição genética, o excesso de peso, os processos degenerativos e os traumas. E nesses casos, alguns cuidados podem ajudar a tratar e a evitar as dores.

Se você está entre as muitas pessoas que sofrem com esse incômodo, confira 6 dicas que ajudarão a aumentar seu bem-estar e a sua qualidade de vida!

1. Dê atenção à sua postura

Com certeza você já ouviu que muitos dos problemas de coluna são causados pela má postura. E isso é realidade! Hábitos diários simples, como o modo de caminhar, sentar ou dormir podem causar ou prevenir desconfortos na coluna.

Veja exemplos de boa postura:    

2. Tenha um sono de qualidade

Não respeitar os momentos de descanso e relaxamento pode ser um vilão para a saúde da coluna, por isso um sono de qualidade é muito importante para evitar dores lombares, dorsais e cervicais.

Ao dormir, você reduz a rigidez e a tensão do dia, além de aumenta a oxigenação muscular, o que é fundamental para relaxar a coluna.

Para ter uma boa noite:

3. Diminua o stress

Transtorno psicológico muito comum na atualidade, o stress causa forte tensão no corpo, o que aumenta as chances de sentir dores na cabeça, pescoço e costas.

Sintoma de uma rotina cheia de responsabilidades e ocupações, o stress pode pode ser um grande vilão da saúde. Por isso, é preciso tentar manter uma rotina mais saudável e tranquila. Meditar, dedicar-se a um hobby e reservar momentos para descansar e relaxar são algumas das ações que ajudam a desestressar e evitar as dores na coluna causadas pela tensão.

4. Mantenha seu peso ideal

O sobrepeso e a obesidade estão entre as principais causas de dor na coluna, por isso manter a boa forma está entre os cuidados que ajudam a evitar esse incômodo.

O excesso de peso pode diminuir muito a qualidade de vida por aumentar a pressão em diferentes partes do corpo, o que pode causar dores e inflamações. Adotar hábitos que colaborem para o emagrecimento e conseguir diminuir cerca de 10% do peso corporal reduz consideravelmente as dores de coluna.

5. Exercite-se

Fazer exercícios físicos ao menos três vezes na semana dá maior elasticidade e ajuda a fortalecer e a proteger os músculos e as articulações do corpo, prevenindo as dores na coluna.

Além disso, atividades como pilates, corrida e natação aliviam o stress, colaboram para a perda de peso e ajudam a corrigir a postura.

6. Seja adepto de terapias holísticas, como a quiropraxia

As terapias holísticas enxergam o Homem de forma completa, tratando dores e doenças a partir de suas causas. E estão plenamente alinhadas com a adoção de um estilo de vida mais saudável.

Ciência da saúde, a quiropraxia entende que os sistema nervoso controla todos os órgãos, tecidos e células do nosso corpo, e a partir desse entendimento realiza ajustes na coluna que visam devolver o funcionamento normal de vértebras e articulações, diminuindo compressões nervosas e melhorando a saúde geral do paciente.

Como você pode ver, algumas mudanças de hábitos podem ajudar a curar e a evitar a dor na coluna. No entanto, é sempre importante falar com um profissional que possa diagnosticar as causas das suas dores.

Se você sofre com incômodas dores de cabeça, pescoço e costas, consulte um dos quiropraxistas da QuiroVida! Nossos especialistas estão capacitados para atender e fazer diagnósticos totalmente personalizados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *